Vitamina B12 – Preciso suplementar? Qual sua importância?

Ilustrar a suplementação da vitamina B12

O veganismo, o envelhecimento da população e o continuo uso de fármacos tem tornado a deficiência de vitamina B12 um crescente problema de saúde pública. Envolvida em diversas reações no organismo, a vitamina B12 é mais do que essencial na saúde e na prevenção de doenças.

Mas será que todo mundo deve se preocupar? Será que tenho algum risco de deficiência? Vamos descobrir!

Quem precisa tomar cuidado com a B12?

De forma geral todo mundo deveria se preocupar com a correta ingestão de vitaminas e minerais. Porém, especificamente no caso da vitamina B12, apenas alguns grupos específicos realmente precisam se preocupar.

  • Pessoas que estão se tornando veganas (Deixando de comer alimentos de fontes animais);
  • Idosos;
  • Pessoas com problemas absortivos (Ex: bariátricos);
  • Pessoas que utilizam fármacos para controle da acidez estomacal (Ex: …prazois).

Como saber se estou com deficiencia?

Para saber se você esta com deficiência ou não um simples exame de sangue é capaz de te ajudar. Mas se você não se enquadra nos grupos descritos acima, pode ficar tranquilo que a chance de você ter alguma deficiência de B12 é bem baixa.

Agora se você esta em um dos grupos acima, o ideal seria um acompanhamento com um profissional da área de saúde, seja um medico e/ou um nutricionista. Só ele poderá adequar a suplementação / alimentação com à necessidade. Além de manter um controle sobre seus níveis de cobalamina.

O que posso fazer para melhorar? Quais as fontes da vitamina B12?

Ilustrar as fontes da vitamina b12

As principais fontes da vitamina B12 são os alimentos de origem animal. Entretanto, é possível adquirir a B12 através de algumas algas, como a nori (Porphyra e Spirulina), porém, é necessário um consumo maior dessas algas para obter quantidades significativas da vitamina.

Então para as pessoas que apresentam níveis mais baixos de cobalamina, o aumento no consumo de carnes e derivados ao longo do dia pode ajudar!

Um fato importante é que a cobalamina não é produzida pelos animais, mas por bactérias. Porém, os animais são os únicos que consegue comer grandes quantidades dessa vitamina “bacteriana”, acumulando-a em seu organismo, fornecendo-a para nos posteriormente.

Não como carnes, preciso suplementar?

Ilustrar que os veganos precisam suplementar.

Depende, se você não come carnes, mas come lácteos, ovos e outros derivados de animais, provavelmente a suplementação não será necessária. Mas, se você cortou todos os alimentos de fonte animal, ai sim, a suplementação é necessária!

E nesse caso em especifico, mesmo apresentando exames “ok”, a suplementação ainda sim é necessária. Isso porque as reservas corporais de B12 no organismo podem durar meses e até anos, de modo que em algum momento a deficiência irá atingir níveis “críticos” e os sintomas irão aparecer.

Mas não é necessário esperar que isso aconteça não é mesmo… Então se você aderiu ao veganismo, comece a providencia a suplementação de B12 o quanto antes.

OBS: Existem dois tipos de suplementos: os derivados de bactérias e os derivados de animais, ambos eficazes.

Como suplementar?

Ilustrar a suplementação da vitamina B12

A escolha da suplementação depende do porque da deficiência, e do nível dessa deficiência.

Para pessoas com problemas absortivos, que utilizam fármacos, ou que apresentam deficiências graves, a melhor opção é a suplementação intra-muscular aplicada por um médico.

Agora, se a necessidade da suplementação é apenas pelo baixo consumo de fontes da vitamina, então comprimidos e capsulas orais já são mais do que suficientes para corrigir o problema. Podendo as variar a dosagem entre 300mcg ate 1000mcg.

Para saber exatamente qual a melhor dose procure um profissional de saúde!

Opções de suplementos:

Mas qual a importância da Vitamina B12 (Cobalamina)?

A vitamina B12 é importante pois ela esta envolvida em uma serie de reações no nosso organismo.

Ela participa tanto das reações de produção de energia do organismo (ciclo de krebs e ciclo do acido citrico) como participa na reparação e na produção de diversas células e enzimas, garantindo a produção de células do sangue, e de enzimas.

Sendo sua deficiência associada ao aumento no risco de câncer, a uma maior propensão a eventos trombóticos, além da diminuição da saúde óssea e a maiores risco para o desenvolvimento de doenças psiquiátricas (depressão, Alzheimer, demência).

Revisão Técnica:

Mostrar o responsável técnico.

Pedro Miguel – Nutricionista; Membro ISAK.