Sintomas da TPM – Veja os principais sintomas, e o que você pode fazer para melhorá-los.

Imagem ilustrando a menstruação e os efeitos dos sintomas da TPM

Os sintomas da TPM nas mulheres é algo comum, porém, eles não devem ser incapacitantes, e nem devem atrapalhar a vida normal. Dores de cabeça, irritação, cólicas, inchaço, entre outros são os sintomas comuns, sendo todos eles passiveis de estratégias para combate-los ou ao menos ameniza-los.

Quais os principais sintomas da TPM

Mais de 200 sintomas já foram associados a TPM, com diferentes intensidades e frequência, sendo muitos deles semelhantes a outras condições clinicas. Porém, os mais comuns são:

  • Irritação / estresse / ansiedade
  • Humor deprimido
  • Insônia
  • Desejos alimentares, e aumento da fome
  • Retenção hídrica
  • Dores nas mamas
  • Cólicas abdominais

OBS: Cólicas persistentes e dores anormalmente fortes podem estar relacionadas a endometriose.

O que é, e o que gera a TPM?

A TPM, também conhecida como tensão pré menstrual, é caracterizada por sintomas físicos, cognitivos e emocionais que ocorrem durante a fase lútea do ciclo menstrual (7-14 dias que antecedem a menstruação), atingindo mulheres de todas as idades que estão em “idade fertil”.

A principal teoria que explica os sintomas da TPM é a teoria de que as alterações nos hormônios das mulheres influenciam na ação de neurotransmissores relacionados ao bem estar e ao comportamento, diminuindo a qualidade de vida, a qualidade do sono, piorando condições psiquiatrias, aumentando ainda comportamentos “não saudáveis”.

O que posso fazer para diminuir os sintomas da TPM?

Existem diversas coisas que vocês podem fazer para diminuir os sintomas, e muito provavelmente vocês fazem o contrario do que deveriam… porém, apesar de ser difícil inicialmente, no final vocês verão que compensa!

Vamos la:

  • Atividade Física – Foi visto que mulheres que praticam exercícios físicos tiverem redução em todos os sintomas da TPM;
  • Sono – O sono é um dos principais moduladores do humor, influenciando na irritação, no desejo por comida, na ansiedade entre outros. Se você deixa de dormir direito, os efeitos colaterais do sono ruim potencializam grande parte dos sintomas da TPM. Sendo assim, a higiene do sono, o uso de chás entre outras estratégias se tornam ainda mais importantes. (Veja como melhorar a qualidade do sono!)
  • Vegetais – O consumo de vegetais já é naturalmente essencial, porém, durante a TPM ocorre uma alteração no metabolismo do corpo que favorece a deficiência de diversos micronutrientes. Dentre eles podemos citar as vitaminas do complexo B, o cálcio, magnésio, zinco, o triptofano entre outros, todos presentes nos vegetais.
  • Refeições menores e mais frequentes – Foi visto que refeições menores e mais frequentes tendem a ajudar no humor e na ansiedade.
  • Em relação as cólicas Menstruais – Foi visto que o gengibre, o funcho, o chá de mil folhas, o ômega-3 entre outros foram capazes de diminuir a dor relacionadas aos sintomas TPM (Veja como suplementar oômega-3)
  • Diminuir o consumo de açucares e doces – Foi visto que o excesso de carboidratos simples foi associado a distúrbios do humor, fadiga e retenção hídrica, mesmo que momentaneamente sua ingestão traga alguma sensação de bem estar.
  • Evitar o excesso de cafeína – Mulheres que consomem muita cafeína tendem a experimentar mais irritabilidade, e ansiedade do que aquelas que tem uma baixa ingestão.
  • Vitamina D – Tem sido sugerido que um pequeno 7 dias antes da menstruação no consumo de vitamina D pode ser benéfico nos sintomas da TPM. (Veja como suplementar a vitamina D)

E sim, eu sei que em grande parte da mulheres é mais fácil falar do que fazer, porém, não o fato de vocês não estarem fazendo pode ser um dos principais motivos para que vocês achem tão difícil.

Quanto menos você faz, pior são os sintomas, e mais difícil fica. Você precisa quebrar esse ciclo se quiser melhorar.

Revisão técnica:

Imagem do responsável técnico pelo texto.

Pedro Miguel – Nutricionista; Membro ISAK.