Principais sintomas da síndrome do intestino irritável – Veja se você pode ter SII e o que você pode fazer.

Quais os principais sintomas da síndrome do intestino irritável?

Os sintomas da síndrome do intestino irritável apesar de serem “comuns” em diversas condições intestinais, eles representam a única forma de detecção da doença. Dentre eles, os principais são:

  • Dores abdominais crônicas e repetitivas;
  • Hábitos intestinais irregulares (diarreia ou constipação);
  • Produção de gases incomoda;
  • Desconforto com alimentos “comuns do dia a dia”

E é importante ressaltar que a SII tem seu diagnostico baseado na exclusão de outras condições intestinais como a doença celíaca ou a intolerância a lactose, não havendo um exame especifico para ela.

O que é a sindrome do intestino irritavel – SII ?

A SII é uma síndrome que acomete principalmente mulheres, onde ocorre alterações no intestino, tanto em relação a sensibilidade, quanto em relação a sua atividade motora, sendo esses os principais causadores da constipação/diarreia e das cólicas intestinais.

Muitas vezes, não há uma produção aumentada de gases, porém, por haver uma maior sensibilidade intestinal, a sensação de desconforto ocorre de maneira mais rápida. Isso associado a uma mudança no transito intestinal tem um significativo impacto na qualidade de vida de qualquer um.

Existe tratamento? Existe cura para a SII?

Não existe cura. Mas existe o tratamento que melhora consideravelmente a qualidade de vida de quem tem a síndrome. E antes que perguntem, não, o tratamento não é com remédios, mas com mudanças no estilo de vida, principalmente na alimentação.

O que você pode fazer para melhorar sua qualidade de vida?

Antes de mais nada, é necessário ter certeza do diagnóstico, excluindo outras possíveis condições intestinais. Depois disso, um acompanhamento medico e nutricional faz toda a diferença na melhora dos sintomas.

Mas podemos adiantar algumas dicas simples:

  • Observe tudo o que você come e os efeitos que cada alimento te trouxe, QUALQUER alimento;
  • Não esqueça de considerar o tempero utilizado nos alimentos, principalmente quando for comer fora;
  • Sempre que estiver numa crise, observe os alimentos ricos em FODMAPs e comece reduzindo a ingestão desses;

Obs: Alimentos ricos em FOODMAPs são alimentos ricos em substancias fermentáveis que geralmente são as responsáveis pelo desconforto intestinal.

  • Procure sempre manter uma boa saúde intestinal, com uma elevada ingestão de fibras e água;
  • Procure se alimentar com uma dieta com um padrão mais anti-inflamatório, rica em alimentos in natura;
  • Chás como o de hortelã, gengibre, entre outros podem ser úteis também no controle dos sintomas.