Quanto de vitamina D eu preciso? Preciso suplementar?

A suplementação de vitamina D nos dias atuais é extremamente comum, porém muitas vezes mal compreendida, ou mal interpretada. Com o avanço dos estudos durante a pandemia do COVID-19 a vitamina D ganhou destaque pela sua atuação na imunidade e no desenvolver da doença.

quanto de vitamina D eu preciso para ser saudável?

Você sabe quanto de vitamina D é o ideal? A suplementação de vitamina D apesar de extremamente comum, ela é muitas vezes é mal indicada. Existem muitas pessoas tomando sem precisar, e muitas precisando sem saber.

Suplementação para quem? Quanto de vitamina D eu preciso ?

A primeira coisa que devemos saber, é para quem a suplementação é realmente útil. Se comparado a países como os do continente europeu ou dos Estados Unidos, devido ao clima frio, a prevalência da deficiência em vitamina D é muito maior do que quando comparado ao Brasil.

No Brasil, devido ao clima quente, e a presença de sol durante todo o ano, não temos o mesmo  problema em relação aos níveis dessa vitamina, porém, a deficiência ainda existe, e é bem mais comum do que pensamos.

Hoje, níveis sanguíneos abaixo e 20ng/mL é considerado deficiência, e níveis entre 20-30 podem ser considerados “insuficiência” em determinados grupos populacionais, sendo níveis acima de 30ng/mL o valor ideal.

Desse modo, todas as pessoas que apresentam níveis sanguíneos abaixo de 30 ng/mL a suplementação pode ser indicada, porém, valores que já estão acima, perto de 35ng/mL, a suplementação não traz nenhum beneficio adicional à saúde.

Mas antes de pensar em suplementar, é sempre bom lembrar que 15 minutos de sol, no horário de 09:00 as 15:00 horas, pelo menos três vezes na semana, já é capaz de melhorar consideravelmente os níveis sanguíneos dessa vitamina. Talvez não o suficiente, mas consideravelmente.

Para que serve a vitamina D?

A vitamina D não é só considerada uma vitamina essencial, como também um “pré-hormonio”, relacionada diretamente tanto com a saúde óssea, quanto com a imunidade do organismo, além de estar diretamente relacionada a diversas doenças como diabetes, câncer, doenças autoimunes entre outros.

Diversos estudos já tem demonstrado o papel da vitamina D no sistema imune intato, nossa primeira linha de defesa contra infecções e invasões, de modo que sua deficiência apresenta impacto negativo nas doenças infecciosas. Enquanto que valores adequados foram capazes de reduzir em 90% as infecções.

Vitamina D e fontes naturais:

Apesar da alimentação ser capaz de fornecer alguma vitamina D,  a principal fonte para nosso organismo é através da exposição ao sol (aos raios uvB). A maior questão é quanto de vitamina D eu preciso e quanto de sol eu tomo.

Na alimentação existem diversos fatores que interferem na absorção e na utilização da vitamina D como substancia ativa no organismo. Diferentemente dos raios solares que não sofrem tanta interferência quanto na alimentação, apesar de ter o problema do tempo e do ambiente.

Quanto de vitamina D eu preciso tomando sol todos os dias?

Quanto de vitamina D eu devo suplementar? Qual vitamina D? Qual a dosagem?

Supondo a real necessidade da suplementação, diversos protocolos podem ser utilizados, sendo um protocolo para deficiências leves, e o outro para deficiências graves, mas em ambos os casos, deve ser utilizado a vitamina D3.

O protocolo para deficiências leves, geralmente utilizado para “manutenção” das concentrações sanguíneas, é de 2.000UI/dia ou 14.000UI/semana. Sendo que pessoas mais velhas se beneficiam de doses diárias ao invés das semanais.

Já o protocolo para deficiências graves, esses valores podem chegar a 7.000UI/dia ou 50.000UI/semana. Obs: Doses acima de 4000UI/dia são doses medicamentosas, podendo ser prescritas apenas por MÉDICOS.

OBS: Não suplemente sem ter a devida orientação de um profissional de saúde. A suplementação de forma inadequada pode causar danos à saúde.

Quais as opções de suplementação?

OBS1: Existem diversas marcas e produtos, não fique preso a essas.

OBS2: Não utilizar sem a devida recomendação profissional, ou de um médico ou de um nutricionista!

Capsulas de vitamina D
Capsulas de vitamina D

Por quanto tempo devo manter a suplementação?

Inicialmente, a suplementação de vitamina D dever acontecer  até corrigir seus níveis sanguíneos. Porém outros fatores também devem ser considerados, como idade, exposição ao sol, problemas de saúde específicos. Sendo muitas vezes necessário uma suplementação de “manutenção”, onde sabidamente você não conseguirá manter os níveis adequados, então é utilizada uma dose baixa, visando apenas manter os níveis adequados.

E em relação ao COVID? A suplementação de vitamina D é válida?

Sim, porém seguindo o mesmo raciocínio de deficiência. Se em seu exame, os valores séricos estão abaixo de 30ng/ml, a suplementação pode sim ser útil,  mas, valores acima disso não apresentam nenhum benefício em relação ao andamento da doença, independente de idade, grupo populacional, ou de presença de comorbidades como obesidade, diabetes, depressão, hipertensão, entre outras.

Revisão Técnica:

Mostrar o responsável técnico.

Pedro Miguel – Nutricionista; Membro ISAK.