Probióticos – O que são? Como tomar? Quais seus benefícios?

Bactérias no intestino.

De uns tempos para cá o intestino tem ganhando um importante foco na ciência, mostrando uma importância que vai muito além da digestão e das fezes. Capaz de influenciar diversas outros sistemas no organismo, inclusive o cérebro, o intestino e sua microbiota tem sido alvo de diversos estudos, e base para diversos novos tratamentos. Nesse contexto, o uso de probióticos tem sido cada vez mais falado e popularizado, mas será que você sabe o que eles são e como usa-los?

Ilustrar os benefícios da microbiota intestinal

Mas o que são os probióticos?

Probióticos são produtos ou suplementos que contém bactérias que trazem benefícios para nós, seja pela colonização da nossa microbiota, seja pelos efeitos “agudos” do seu uso. Nisso inclui-se, bebidas, iogurtes, suplementos entre outros.

E qual a importância das bactérias intestinais para nós?

O conjunto de bactérias intestinais, chamadas de microbiota intestinal, tem ganhado muito destaque atualmente pelos seus diversos efeitos na saúde, no humor, no comportamento… Más além disso, elas são essenciais no bom funcionamento intestinal, na correta absorção dos nutrientes e até na nossa defesa contra outras bactérias prejudiciais à saúde.

Por esse motivo, as bactérias intestinais tem se tornado o centro de muita discussão em todas as áreas. E apesar de tantos estudos, ainda estamos só começando a descobrir sua influencia no organismo, porém uma coisa é fato: uma microbiota saudável é essencial para uma vida saudável.

Quais os benefícios dos probióticos?

Ilustrar o Intestino

São inúmeros os benefícios dos probióticos, porem é importante saber que eles podem agir por duas maneiras:

1- Colonizando a nossa microbiota e tornando-a melhor, porém, esse é um efeito a longo prazo.

2- Exercendo seu efeito nas horas seguintes ao uso, mas não necessariamente colonizando o intestino.

Mas independente da forma de atuação, os probioticos atuam na melhora no humor, na proteção contra doenças, na melhora da imunidade, na melhora da absorção de alguns nutrientes, na diminuição da inflamação, além de melhoras intestinais importantes.

Quem pode tomar?

Existem pouquíssimas contraindicações para o uso de probióticos, então de forma geral, a menos que tenha sido recomendado o não uso, não existe contraindicações.

Qualquer pessoa pode se beneficiar com seu uso, seja de forma aguda seja de forma crônica. A maior questão a se levar em consideração é se realmente existe a necessidade do seu uso, e qual o objetivo. Existe um motivo especifico? ou apenas um desejo de melhorar a saúde? A alimentação esta adequada?

Como escolher o probiótico adequado?

A escolha do probiótico depende muito do objetivo que se esta buscando, porém o que já se é unanime é que os suplementos com múltiplas cepas de bactérias (com mais de uma bactéria) são os que trazem os maiores benefícios. Mas dentre as diversas cepas, o objetivo é quem dita qual bactéria especifica trará os maiores benefícios.

Pensando nisso, probióticos com 5 cepas ou mais tendem a trazer maiores benefícios para a saúde, mas existem casos em que menos cepas são igualmente eficazes.

Exemplos de probióticos:

Observações importantes:

O uso de probióticos não compensa uma alimentação ruim, baixa em vegetais, frutas, e fibras. Ele pode melhorar sua saúde, porém, sem a devida alimentação adequada seus efeitos são limitados.

O uso de probióticos somados a um elevado consumo de fibras, vegetais, frutas e verduras potencializa seus efeitos e os torna bem mais duradouros, aumentando a chance de que as bactérias benéficas consumidas consigam colonizar seu intestino e manter por mais tempo seus benefícios.

Estou tomando antibióticos, o que eu faço?

Converse com um profissional para lhe orientar!

Porém, após o fim do antibiótico, ou até no final do tratamento, o uso de Probióticos é de grande ajuda na recuperação da microbiota intestinal, sendo altamente recomendado.

Revisão Técnica:

Mostrar o responsável técnico.

Pedro Miguel – Nutricionista; Membro ISAK