Veja qual a importância dos lanches e porque você tomar cuidado com o que você come nesses horários.

Ilustrar uma opção de lanche saudável

Você sabe qual a importância dos lanches? Você sabia que eles podem influenciar desde o emagrecimento até o humor e o rendimento? Você sabia que a qualidade dos lanches é tão ou até mais importante que a presença dele em si?

Pois é, os lanches não desempenham apenas o papel de “matar a fome”, mas de nutrir um organismo que além de necessidades básicas, tem paladar, emoções, desejos entre outros.

E nesse sentido, a importância tanto da presença, como da qualidade dos lanches se torna ainda maior. Por isso vamos esclarecer algumas duvidas e alguns mitos a cerca dos lanches.

Ilustrar que a organização é a chave.

Preciso comer de 3 em 3 horas? Qual a importância dos lanches?

Não! Você não precisa lanchar ou comer a cada três horas se não quiser, porém, em muitos casos é de fato interessante pequenos lanches entre as refeições principais.

O primeiro ponto a se considerar é a fome. Você sente fome? Você consegue ficar sem comer nada por grandes períodos de tempo sem perder o controle na próxima refeição? Se você consegue se sentir bem e não perder o controle nas outras refeições, então tudo certo, talvez você não precise de um lanche. Mas se precisar, esta tudo bem também!

Porém, outro ponto importante é: que tipo de lanche você levaria, ou comeria? Digo isso porque usar o lanche como uma desculpa para comer porcarias é mais comum do que pensamos. Se esse for o caso, então talvez seja necessário repensar se você deve ou não fazer esse lanche, e se sim, o que você poderia levar que agregaria mais qualidade a ele.

Além disso, não podemos deixar de considerar sua rotina e seus objetivos. Existem pessoas que não tem tempo para parar e comer algo no meio da tarde, ou simplesmente não o querem, e esta tudo bem. Para outras, que querem ganhar massa muscular por exemplo, os lanches já são uma ótima estratégia.

Então depende. Não existe uma reposta única.

Mas o que seria um lanche ideal?

Ilustrar possiveis alimentos para um lanche

Não tem como falar um lanche ideal sem saber sobre você e seus objetivos. Mas orientações gerais a respeito do que comer são sempre úteis.

Então vamos lá, primeiro, dê preferencia para alimentos “in natura”, ou minimamente processados. Segundo, de forma geral, uma boa refeição deve ter um pouco de todos os nutrientes, incluindo proteínas, carboidratos, gorduras, fibras, vitaminas e minerais. Então é sempre necessário pensar em variedade.

Um lanche composto por grupos distintos de alimentos tende a ser sempre uma boa pedida.

Ex: fruta + iogurte; Castanhas + fruta; Pão com queijo e salada… Sempre levando em consideração a variedade, mas também sem deixar de pensar em quantidade. Desse modo você consegue um lanche bem próximo do ideal.

E comer de 3 em 3 horas ajuda a emagrecer?

Depende.

O principal fator para o emagrecimento é o déficit calórico (gastar mais calorias do que você come). Então, se você consegue ter um controle maior sobre a fome lanchando, não perdendo o controle, e conseguindo se manter no déficit calórico. Comer de 3 em 3 horas pode ajudar!

Porém, se você come de três em três horas e ultrapassa as calorias que deveria no final do dia, então pode ser que o lanche esteja te atrapalhando. Ou o lanche ou alguma outra refeição, mas de qualquer forma é necessário reavaliar o quanto você esta comendo.

Mas a ideia de que comer de três em três horas acelera o metabolismo apesar de ter um fundo de verdade, não deve ser levada ao pé da letra sem levar em consideração o que foi dito acima.

Revisão Técnica:

Mostrar o responsável técnico.

Pedro Miguel – Nutricionista; Membro ISAK.