Veja como controlar o enjoo na gravidez. O que de fato funciona e é seguro tanto para mãe quanto para o bebe.

Em média, 70% das gestantes sentem algum tipo de enjoo na gravidez, principalmente nas primeiras 12 semanas, e em 50% dos casos essas náuseas/enjoos acabam evoluindo para vômitos. Geralmente esse sintoma se limita até a 12ª semana, não ultrapassando a 20ª semana.

Sua ocorrência mais comum no período da manhã, mas podendo acontecer em outros horários do dia também

Por que o enjoo acontece?

Existem duas hipóteses mais aceitas em relação ao enjoo na gravidez. Uma é que ele pode acontecer por razoes psicológicas, devido a angustia, ansiedade, insegurança e preocupação. E a outra é devido as alterações hormonais, com consequente alteração do funcionamento gastrointestinal, somado a uma maior facilidade para o refluxo, e uma maior sensibilidade sensorial.

Dicas praticas para controlar o enjoo na gravidez:

  • Focar em alimentos mais secos, principalmente no período da manhã, onde geralmente o enjoo acontece.
  • Evitar refeições muito grandes, preferindo mais refeições ao longo do dia, em menor volume
  • Não ingerir líquidos durante as refeições, deixando-os para os espaços entre elas
  • Evite alimentos gordurosos e com odores fortes
  • Evite ficar próximo a cozinha ou onde o alimento esta sendo preparado.
  • O gengibre é uma excelente opção no controle do enjoo, seja na forma de chá ou de tempero.
  • No mais, sugere-se que a mulher consuma o que lhe fizer bem em relação ao enjoo.

Tenho vomitado muito, é normal?

Se o inicio da gravidez for caracterizado por vômitos em uma quantidade excessiva e pela perda de peso, existe a chance de ocorrer distúrbios hidroeletrolíticos. Nesse ponto, o enjoo matinal torna-se uma condição chamada de hiperêmese gravídica, condição que afeta em media 1 a 2% das gestantes e que precisa de tratamento médico.