Aeróbico em jejum, quais os benefícios? É melhor no emagrecimento?

Apesar de esta dúvida ainda pairar na mente de muitas pessoas, cientificamente já é unanime os benefícios e prejuízos do aeróbico em jejum e se realmente ele é melhor ou pior no processo de emagrecimento.

O aeróbico em jejum é melhor para o emagrecimento?

Apesar de muitas pessoas ainda acreditarem que ele pode ser melhor para o emagrecimento isso é um mito. 

O fato de você se exercitar em jejum, sem “energia de pronto acesso” no organismo, de fato induz seu corpo a utilizar a reserva, a gordura, como fonte de energia, de modo que sim,  o aeróbio em jejum gera um aumento no  uso de gorduras.

Porém, o fato de você utilizar gorduras como fonte energética não significa maior emagrecimento se comparado a um treino alimentado. O problema é que no exercício em jejum você não consegue manter uma alta intensidade no exercício, o que te faz “queimar” menos calorias por minuto. Enquanto que  no treino alimentado você consegue realizar o exercício de forma muito mais intensa, que consequentemente faz com que você gaste mais calorias por minuto.

Então, a verdade é que, ambos emagrecem da mesma maneira, o ponto é,

– 1h de aeróbio em jejum = um gasto de 200kcal (mais tempo, menos intensidade)

– 30 minutos de exercício alimentado =  um gasto de 200 kcal (menos tempo, mais intensidade)

**Obs: exemplo ilustrativo, números não realísticos.

E você pode estar se perguntando, mas eu consigo fazer um treino intenso mesmo em jejum… OK, porém muitas vezes isso não é o ideal, porque quando você realizar uma sessão de exercícios de forma intensa mas não se alimenta, seu corpo utiliza não apenas a gordura como fonte de energia, mas seus músculos também. Então muitas vezes o tiro pode sair pela culatra.

Mas existe algum benefício? Posso fazer?

O maior benefício que no aeróbio em jejum é a possibilidade de adaptação a sua realidade.

Se você treina muito cedo, e não tem tempo para comer, ou não se sente bem comendo antes de praticar o exercício, então ele é uma ótima opção. Porém, se você não se encaixa nisso, talvez ele não seja a melhor opção.

E detalhe, a maior parte de seus benefícios não são exclusivos da prática em jejum, mas sim devido a pratica do exercício aeróbio em sí, alimentado ou não.

Imagem de uma mulher se preparando para fazer seu aeróbico em jejum

Se o aeróbico não tem nada de mais, por que muito o fazem?

Muitas pessoas ainda o fazem pois se espelham em “famosos” que o realizam por N motivos, porém sem a intenção de um “maior” emagrecimento, ou  até mesmo por desconhecimento.

Nem sempre o que a maioria faz é certo ou tem algum embasamento, as vezes são isso acontece por puro efeito manada.

Se você quer realmente ter uma mudança no seu físico, sem precisar perder tempo descobrindo o que funciona ou não, procure um nutricionista!

Autor: Pedro Miguel